Aparições de onças estão assustando moradores e visitantes da baixada cuiabana

Alemão Astolfo Alemão 9 Junho, 2014 0

Moradores e pescadores que frequentam as regiões de Santo Antônio de Leverger e Poconé e Barão de Melgaço estão assustados com os relatos de aparições de onças, nas regiões principalmente nas proximidades dos rios ou regiões alagadas.

Moradores e pescadores que frequentam as regiões de Santo Antônio de Leverger, Poconé e Barão de Melgaço estão assustados com os relatos de aparições de onças, nas regiões principalmente nas proximidades dos rios ou regiões alagadas.   Durante o final de semana houve relatos de oito pessoas que foram surpreendidos com a presença do felino, que hoje recebe proteção ambiental. Um peão de uma fazenda na região de Poconé estava falando no centro da cidade, durante a festa do Divino Espirito Santo, que foi buscar o gado no basto, quando se deparou de frente com o animal, “eu deviria estar a uns 50 metros dela, de imediato eu comecei a gritar e usei a piola para fazer bastante barulho, eu estava armado, mas a minha intenção era fazer a onça ir embora e não tirar a vida do belo animal, que saiu correndo com o barulho que eu estava fazendo, foi uma das coisas mais linda que já vi, ela corria pelo pasto alagado, parava, olhava pra traz, pra mim, e em seguida corria novamente, fez isso por três vezes até sumir no meio da mata”, relatou o peão que se identificou apenas como João.   Na região de Santo Antônio de Leverger o felino está sendo visto a beira do rio Cuiabá, segundo um policial civil, que trabalha na região e foi pescar com alguns amigos no dia de folga, a presença a onça atravessando o rio acabou com os planos dos amigos que tinham como programação ficar dois dias em um acampamento improvisado a beira do rio. “Nós íamos fazer uma barraca improvisada no local da pesca, uma cabana coberta por lona, e íamos dormir em redes, mas depois que vimos a onça, só pescamos durante o dia mesmo e antes de escurecer voltamos pra casa”, relatou o policial.   Na colônia de pescadores de Leverger, o que não falta são relatos de encontros com o animal mais temido da região, a beira do rio é o local em que ela é mais avistada, devido a frequência com o animal está sendo visto, os pescadores fazem um apelo para as pessoas tomarem muito cuidado na região, porque as onças estão aparecendo para as pessoas como nunca se tinha ouvido falar.   Na semana passada uma ouvinte de uma rádio de grande audiência da região, relatou um ataque da onça a um homem que estava passando de moto na estrada da fazenda Piuva, na região de Barão de Melgaço, segundo a ouvinte, o homem teve graves ferimentos com o ataque, que deixou marcar profundas em sua perna, mesmo ferido com o ataque o animal, o homem que não foi identificado pela ouvinte conseguiu chegar na sede da fazenda, onde relatou o encontro  foi socorrido.   A população de Leverger está fazendo um alerta, principalmente para os pescadores de final de semana, que não fiquem nos barrancos do rio sozinhos, e quando estiver de barco manter uma distância segura do barranco, que não dê para o animal pular para dentro do barco em um ataque. 

Fonte: 24 horas news

http://www.24horasnews.com.br/noticias/ver/aparicoes-de-oncas-estao-assustando-moradores-e-visitantes-da-baixada-cuiabana.html

Deixe um comentário »